O Beijo Escarlate - Volume II da Série Midnight Breed - Lara Adrian - SPOILERS!!!

Eu tenho esse problema de começar postando os segundos volumes das séries que estou lendo antes dos primeiros.

Juro que vai ter posts de Fallen, Sussurro, Cobiça e O Beijo da Meia Noite.
Mas agora vamos falar de O Beijo Escarlate!


Antes de mais nada, a Universo dos Livros se superou na confecção da capa de livros mais brega que eu já
vi. Sério. Até meu amigo Gil olhou a capa e perguntou se era "Sabrina". O nome do livro já é brega pra caralho, ainda mais com essa capinha de uma silhueta de beijo sob um pôr de Sol vermelho numa praia... Aí eu pergunto ao gênio da programação visual: Pôr do Sol, Gênio??? Isso é um livro de vampiros, fio! Os caras não podem sai no Soooooollll!!!!!!!!!!!! Carai, véi! Gente intiligenti!

Então vamos lá. Tô quase na página 200, então alguma coisa já aconteceu.
Primeiro achei que esse seria o plágio de Amante Eterno, assim como "O Beijo da Meia noite" lembra Amante Sombrio de uma forma muito suspeita.
Sabe o que é mais pitoresco? Os comentários da J. R. Ward na capa. Fala sério, se ela tivesse lido algo desse livro daria um piti e processaria a Lara Adrian, não daria uma de legalzinha recomendando o livro da amygã.

Dante, que é o vampiro da vez não é o Rhage.
Esse cara se liga numa veterinária chamada Tess. Ela salva ele, mesmo sem ela ter alternativa, porque, afinal, o vamp morde ela porque tava todo fudido. Aí ele descobre que ela é uma das raras humanas que é uma Companheira da Raça, caracterizadas por uma marquinha em formato de gota de sangue caindo na taça da Lua. Agora, vai ter "raras Companheiras da Raça" assim lá em Boston. Se são tão raras, comé que aparecem tantas no mesmo lugar? Enfins...
Então eles se envolvem, o cara é um tesão, a mulher fica louca. Aquilo de sempre.

Mas rolam uns lances legais, tipo uma droga que transforma os vampiros do bem em Renegados. E o ex namorado gato da Tess é o químico que produz essa beleza. Aí a confusão tá armada.

Tem também um vampiro dos Refúgios Secretos de Boston que pede para participar das investigações sobre esses Renegados drogados chamado Chase. O cara é apaixonado pela cunhada e está nessa pra tentar achar o sobrinho.
Achei um clima meio Butch, mas sem a parte interessante do V e seu relacionamento difícil de definir.
A vampira, Elise, é uma Malarissa sem dúvida.

Estou parada aqui. Preciso continuar lendo para dar mais crédito.
Mas não adianta e eu sei. Sempre vou olhar essa coleção pela ótica da Irmandade, e será muito difícil me surpreender com algo.

Mas o livro está divertido.

2 comentários:

  1. Do resto eu não sei, mas a capa é realmente muito tosca. Parece capa de cd do Wando ou sei lá, propagando do Leite de Rosas.
    Agora, já não passou a moda de vampiro não? Fala sério. Pior ainda é quando o livro se passa aqui no Rio. PQP!!! Imagina um vampiro no verão carioca. Um amigo meu tava lendo um livro assim.. Fala sério!!!

    ResponderExcluir
  2. Ok,quase um ano depois do seu post, venho me manifestar,lol. Li essa série toda. Não sei se você já leu mais algum, ou se os próximos livros já foram lançados aqui.Só posso falar o seguinte: apesar de eu ser fã do Dante, esse livro não é lá muito bom. De início, também super senti a vibe IAN emanando de cada página, mas ao longo da série a gente percebe que a autora teve umas idéias bem bacanas pro universo desse vampiros. O que me incomoda na Tess é que ela é veterinária e mesmo assim, ao longo da série, ela cuida da vampirada toda, lol. Eles não têm a estrutura da Irmandade com a Doc Jane e o Manny, coitados. A partir do terceiro livro, Midnight Awakening, a história melhora e MUITO. A Elise não é a Marissa. At all. E o Chase, desde a primeira aparição dele, virou meu favorito. Pena que demorou tanto pra sair o livro sobre ele. OMG rachei de rir com seus comentários sobre a capa :))

    ResponderExcluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...