Comando Tribulação: continuação de Deixados Para Trás - SPOILERS!!


Gente, esse é o segundo volume da série apocalíptica Deixados Para Trás.

Acabei de ler hoje. E antes de começar a resenha tenho de confessas que até a semana passada achava que o nome do livro fosse "Comando Tripulação", por causa do capitão Rayford Steele! KKKKKK



O primeiro volume foi bem introdutório, pra gente conhecer e familiarizar com os personagens e com a trama em geral.

A título de curiosidade, foram feitos 3 filmes sobre essa série:
- Left Behind: The Movie (2000);
- Left Behind: Tribulation Force (2002); e
- Left Behind: World at War (2005).


Kirk Cameron é Buck Williams, o repórter do Semanário Global.


Gordon Currie é Nicolae Carpathia, o vilãozão, A.K.A. Anticristo.


Essa coisa sem graça aí é a Janaya Stephens como Chloe Steele, filha de Rayford.


Esse é Brad Johnson, o tal capitão Rayford Steele.

Depois das devidas apresentação, vamos ao Comando Tribulação.

Acho que só tem escrito "Comando Tribulação" uma vez dentro do livro e bem no finalzinho. Desde o início eles falam "Força Tribulação". Deve ter sido erro de tradução.
Outra coisa que o pessoal da tradução papou mosca foi que colocaram os diálogos de acordo com as normas gramaticais americanas, ou seja, entre aspas duplas, e não iniciados com travessão como é a regra brasileira.

O pessoal da Igreja Nova Esperança se juntou para lutar contra as forças malignas do Carpathia, que a essa altura todo mundo já sabe que é o Anticristo em pessoa.
O começo do livro é a instauração do tal Comando Tribulação (ou Força, como está no livro) para elaborar planos contra o maligno.

Buck e Chloe tão no maior clima, mas o cara é mais devagar que uma tartaruga.

E o Carpathia quer dominar o mundo. Primeiro engana o presidente dos EUA e toma o Air Force One. Aquele aviãozão sinistro que só falta falar.


Consegue transformar a ONU no comando mundial, e ainda quer comprar todos os meios de imprensa. Engraçado é que geral bate palma!

Então ele chama o Capitão Rayford pra ser o piloto do Air Force One, e Buck pra ser o presidente de todos os meio de comunicação do mundo. Steele aceita, mas Buck declina, apesar de trabalhar pra ele mesmo assim quando o Semanário Global vira Semanário Comunidade Global (novo nome da ONU).

Tem uma parte que quase me fez fechar o livro.
Chloe e Buck, naquele chove não molha danado, vão conversar, porque tinha um mal entendido se alongando por capítulo e capítulos: ela não sabia se ele estava afim, ele não sabia se ela iria ficar ofendida se ele tomasse atitude... Enfim.
Acontece que ele confessa que, com 31 anos, é virgem!
Pára.
Vamos por parte: eu respeito a virgindade. Acho que não é algo pra ser descartado sem pudor. Acho que se deve escolher com cuidado a pessoa com quem você vai compartilhar a experiência. Acho completamente válido, porém não imprescindível, se guardar para o casamento.
Mas o cara nem era cristão antes do acontecido! E ninguém me convence que um cara bem apessoado (porque não dá pra chamar o ator que escolheram lá em cima de bonito, né?), inteligente, articulado não tivesse pretendentes e oportunidades.
E sobretudo, não considero o sexo como algo impuro e sujo, nem acho que a religião deva se meter na vida sexual de ninguém.
Mas virgem?!?!?
Foi forçado.

Então a Chloe começou a receber umas flores e uns bombons estranhos. Parecia algum stalker, ou coisa assustadora do gênero. Eu acertei quando achei que tinha sido a Hartie Dunhan, a aeromoça traidora que se bandeou pro Carpathia. Foi a maneira de forçar Rayford a querer largar Chicago e ir para NY, onde seria um piloto mais acessível.

Os membros do Comando Tribulação tiveram também um momento de elevação durante sua oração que foi muito representativo pra todos. Se sentem tão incapazes e sob pressão que começam a chorar.

Afinal, Carpathia, com sua articulação e jogos mentais consegue criar uma religião universal encabeçada pelo Papa que foi deixado para trás. Já não dá pra levar em consideração um religioso cristão que não foi eleito para ser arrebatado.

Eis aqui um resumo da situação:
"Carpathia consegue de uma maneira ou outra que a Pan-Con e a Casa Branca coloquem meu nome em primeiro lugar na lista dos candidatos a piloto do Air Force One. Ele faz com que você me perturbe a ponto de eu querer mudar de cidade. Eu aceito, ele pega o avião e nunca mais devolve. Eu sou o piloto, mas quem paga é o governo dos Estados Unidos. E isso tudo tem relação com o fato de Carpathia finalmente se tornar o líder do mundo."
Rayford Steele para Hartie Durhan, Comando Tribulação, Cap. 13, pág. 268.

E o pior é que Carpathia, cumprindo a profecia, vai assinar um acordão de 7 anos de duração com Israel. Nisso duas testemunhas, Eli e Moisés, pregam em frente ao Muro das Lamentações e ninguém consegue atacá-los.
Um monte de judeus chegam à conclusão que Carpathia é o messias, mas as Testemunhas pregam o contrário. E eles falam na língua de cada uma das pessoas ali, ou seja, cada um ouve no seu próprio idioma.

No final, um rabino mega importante, Tsion Ben Judá, afirma em rede mundial que o messias é Jesus Cristo, e que todo mundo deve acreditar nisso, pois é apoiado tanto pelas profecias bíblicas quanto pelas judaicas.

O livro termina com o aparecimento de uma nova personagem: Amanda White.
Nada numa manga, nada na outra, o autor me puxa essa mulher que, em 3 páginas vira pretendente de Rayford. No final eles se casam na mesma cerimônia que Buck e Chloe.

E aí rola a 3ª Guerra Mundial. E o bicho começa a pegar geral!

Ufa!
Vamos ver o que acontece agora no terceiro volume: Nicolae.

Minhas opiniões:
- Mai uma vez o livro é ultra fácil de ler. A gente mal vê as páginas passando.
- Como diz meu amigo Ivan, em última instância eu leio como uma ficção, que é na verdade, porque não adianta ficar lutando contra os conceitos religiosos que não acredito.
- Estou ansiosa pra começar o terceiro volume, porque parece que as coisas estão esquentando cada vez mais!

3 comentários:

  1. Posso dizeruma coisa? Não entendi absolutamente nada. Sobre o que é o livro? E pqp, virgem com 31 anos (era essa a idade?), nem se fosse 21. By Daniel

    ResponderExcluir
  2. Que livro doido. É sobre pilotos virgens? Como pilotos virgens podem causar uma guerra mundial? By Daniel

    ResponderExcluir
  3. Oi
    Você chegou a terminar de ler a coleção? Vi as duas primeiras resenhas e fiquei curiosa pra ler o restante mas procurei e não achei mais nenhuma... =)

    ResponderExcluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...