Personagens que Amamos: Phury - A Irmandade da Adaga Negra

Gentem, não tem jeito, adoro os personagens angustiados e tristes. Aqueles que não têm esperança, aqueles que estão transtornados e incompletos. Aqueles que são lindos por fora e um lixo por dentro.

Amo o Phury.

E, sendo ele o gêmeo idêntico de Zsadist (vi umas meninas em dúvida, mas já li diversas vezes nos livros que eles realmente são gêmeos univitelinos), não poderia escolher outro ator que não fosse o mesmo que escolhi para Z: Sam Worthington.


(crédito da imagem para Reelloop)

A primeira aparição de Phury foi no Amante Sombrio, primeira reunião da Irmandade depois da morte de Darius.

"Phury foi o último a chegar. Mancava quase que imperceptivelmente. Sua perna protética havia sido substituída recentemente: agora era uma obra prima de tecnologia feita de uma liga de titânio e carbono. A combinação de barras, articulações e parafusos estava atarraxada à base da coxa direita.
Com sua fantástica juba de cabelos multicoloridos, Phury deveria estar acompanhado de beldade de Hollywood, mas se mantinha fiel ao seu voto de celibato. Só havia lugar para um único amor em sua vida, e isso o vinha matando lentamente há anos."
Amante sombrio, Cap. 4, pág. 42.

Nesse ponto fiquei bem cofoosa. Primeiro que essa apresentação inicial de todos os Irmãos não fazia muito sentido no lugar onde foi colocada pra mim. Realmente acho que teria ficado muito melhor que os Irmãos fossem apresentados conforme aparecessem e fosse necessário (acho que fica mais bem escrito e a narrativa fica mais fluída).

"Fantástica juba de cabelos multicoloridos" Whatafuck! Achei que ele era uma espécie de Dennis Rodman black power!! Huahahaha Tipo, multicolorido inclui verde, azul, vermelho, amarelo... Não tinha nada explicando que era um lindo cabelo de Pantene castanho, louro e ruivo, com diferentes mechas naturais.

Outra coisa esquisita, que depois não teve mais nada a ver com o resto da estória foi isso de "Só havia lugar para um único amor em sua vida". Certamente naquele momento a Ward não estava falando do seu amor e dedicação ao seu irmão gêmeo Zsadist. Acho que ela pretendia colocá-lo como um viúvo, ou algo assim. Ainda bem que a estória não foi pra esse lado.


Cabelos coloridos de Dennis Rodman
(crédito da imagem para Cave City)


"A impressão de cavalheiro refinado que passava não resultava meramente de suas roupas atraentes, como o suéter preto de caxemira e a calça elegante que trajava naquele momento. O Irmão tinha a cabeleira mais admirável que Butch já vira na vida. Seus cabelos longos, de grossas ondas em tons de louro, ruivo e castanho eram escandalosamente belos, até mesmo para uma mulher. E seus exóticos olhos amarelos, que brilhavam como ouro sob a luz do Sol, só tinham a acrescentar ao todo.
Por que razão era celibatário constituía um total mistério."
Butch O'Neal, Amante Eterno, Cap. 7, pág. 61.

Depois de ler essa descrição comecei a ter uma ideia mais apurada de como Phury seria realmente. Pelo menos fisicamente.



(crédito da imagem para The Stranger)

A verdade é que ele é uma bagunça. Escondido sob esse verniz de refinamento e controle está um macho angustiado desde sempre. Desde que percebeu que sua família estava destroçada pelo roubo de seu irmão gêmeo, Zsadist. E que ele escapou por muito pouco de ser o roubado.
Depois de sua transição buscou pelo irmão até encontrá-lo subjugado como escravo de uma Ama cruel e inescrupulosa, a odiosa Catronia.
Enquanto crescia viu sua bela casa, sua bela mãe e tudo o que conhecia se desfazer à sua volta, manchados pela tristeza da tragédia que havia acontecido quando os dois eram bebês.
Depois de conseguir resgatar seu irmão, e atirar na própria perna pra desprendê-la de uma fenda na rocha, perdendo a parte abaixo do joelho, e salvar aos dois, conheceu Vishous e conseguiu entrar para a Irmandade junto com Zsadist.

[Amputação sempre foi um dos meus piores pavores. E saber que Phury se submeteu a isso por amor ao seu irmão foi chocante demais pra mim. E fez com que eu o amasse muito.]

Tomar conta de cada passo de seu irmão instável virou seu motivo de vida. Esperando sempre que Zsadist explodisse e fizesse uma merda realmente impossível de resolver. Viciou-se na fumaça vermelha, um narcótico relaxante, que ele usa para calar a voz interna da sua esquisofrenia na figura de um Feiticeiro, ou Mago.

"Então foi até uma caixa de mogno que estava sobre a escrivaninha e tirou de lá o que parecia um cigarro. Segurando-o entre o polegar e o indicador, acendeu-o e tragou profundamente, prendendo a fumaça em seus pulmões por um momento, para logo expeli-la lentamente, fechando os olhos. Quando exalou a fumaça cheirava como uma mistura de café torrado e chocolate quente. Delicioso.
Quando os músculos de John relaxaram, perguntou-se do que seria aquela coisa. Tinha certeza de que não era maconhe, mas também não era um cigarro comum."
John Mathew, Amante Desperto, Cap. 10, pág. 109.

"Em sua mente o Mago aparecia na forma de um Espectro no Anel [Senhor dos Anéis. N.B.], usando uma túnica sombria que escondia seu rosto, parado em meio a um deserto cinza cheio de ossos e crânios. Em seu clássico sotaque britânico, ele fazia questão que Phury nunca esquecesse seus fracassos, a ladainha incessante que o fazia fumar sem parar só para não ter de ir até seu armário de armas e enfiar o cano de um revolver na testa."
PhuryAmante Consagrado, Cap. 1, pág. 19.

E o transtorno de seu irmão só acrescentava mais uma camada de dor, pois quando Zsadist não conseguia lidar com algo, ou estava frustrado, pedia para que ele o esmurrasse até quase a inconsciência. O que ele fez. Milhares de vezes.

O golpe de misericórdia na sua infelicidade foi quando Bella apaixonou-se por seu irmão desfigurado ao invés dele, que tal como o gêmeo, estava apaixonado pela fêmea. E seus desenhos dela são perfeitos e reais, apesar dele saber que só altamente inapropriados.
Ainda em Amante Desperto foi acusado de ser gay por Rhevenge (capítulo 19), o que proporcionou um dos capítulos mais engraçados que já li (21), já que quem pergunta afinal é Butch.
"Você é gay, meu camarada?"
Butch O'Neal, Amante Desperto, Cap. 21, pág. 197.


(crédito da imagem para Men's Hair Style)

"Phury passou a mão pelo maravilhoso cabelo, que lhe caía abaixo dos ombros em ondas louras, ruivas e castanhas. Sem essa cabeleira já seria atraente. Com ela então... certo, tudo bem: era lindo. Não que Butch o visse desse modo, mas o cara era mais bonito que muitas mulheres. E se vestia melhor que a maior parte delas, também, quando não estava em seu traje de combate."
Butch O'Neal, Amante Desperto, Cap. 5, pág, 58.

"John ergueu a vista para aqueles calorosos olhos amarelos. Uau... Eram da cor de canários."
PhuryAmante Desperto, Cap. 10, pág, 107

Apesar de ser adequado, apesar de ser refinado, de ser o macho perfeito, de ser o macho que Zsadist poderia ter sido, Bella ama mesmo é o guerreiro da cicatriz. E Phury, que está mais do que acostumado a colocar todos sempre à frente de suas vontades, mas uma vez recebe um golpe incapacitante.

"Ele obedeceu porque, apesar de ser descendente de uma linhagem de guerreiro, um membro da Irmandade e de ter cem quilos a mais que ela, era fraco quando tinha de enfrentá-la. A shellan de seu irmão. A shellan grávida de seu irmão... não era alguém a quem Phury pudesse desobedecer."
PhuryAmante Liberto, Cap. 1, pág, 28

"Por um momento, ele fingiu que aquele bebê era seu e que ele podia abraçá-la, acompanhá-la ao médico e cuidar dela."
PhuryAmante Liberto, Cap. 16, pág, 196

E, embora ninguém soubesse, Phury era um animal quando matava Redutores. Esmagando e trucidando, espalhando sangue negro por todo canto, arrancando membros e órgãos como um alucinado. Algo completamente inesperado para alguém com a índole tão dócil como ele.

"Ah... droga. Na Irmandade Phury era o cavalheiro, o lutador nobre, o escoteiro... correto em relação a tudo. ele tinha muitos valores e a honra na área de combate era um deles, mesmo que seus inimigos não merecessem o cuidado."
Vishous descobrindo que Phury é um estripador de RedutoresAmante Liberto, Cap. 18, pág, 230


(crédito da imagem para Men's Hair Style)

Em Amante Liberto ele, num impulso por observar o sofrimento de Vishous ao ter que aceitar a condição de Primale de Raça, decide tomar para ele a responsabilidade. Desesperado e perdedor, como ele mesmo se classifica, esse lindo vampiro, virgem, pensa seriamente em praticar a mecânica básica do sexo só pra que esse fardo não o esmague mais.

"Os olhos de Phury ficaram marejados. Parecia tão cruel tê-la conhecido, ver o que queria, mas não poder tê-la. Mas era sempre assim, certo? Ele sempre vivia querendo coisas que estavam fora de seu alcance. em primeiro lugar, ele havia passado décadas procurando por seu irmão gêmeo, sentindo que Zsadist estava vivo no mundo, mas incapaz de salvá-lo. E então havia libertado o irmão, e descobriu que o macho ainda estava longe do alcance. O século que havia ocorrido depois da fuga tinha sido um tipo diferente de inferno, no qual ele sempre esperava que Zsadist perdesse o controle, intercedendo quando isso ocorria, tentando imagnar quando ocorreria o problema seguinte."
PhuryAmante Liberto, Cap. 40, pág, 416.

Assumir o compromisso de ser o Primaz da Raça poderia ser o sonho de qualquer outro vampiro, mas é uma tortura para Phury, porque o Primaz é o responsável por engravidar as Escolhidas que vão dar à luz, se forem fêmeas, a outras Escolhidas, e se forem machos, a membros da Irmandade.
Só que, apesar de todas as chances, Phury se apaixonou por Cormia, a Escolhida que representa toda a casta das fêmeas do Santuário, e transar com ela significa ter de transar com todas.
Agora ele não sabe o que faz, pois deseja ardentemente ter Cormia na sua cama, mas não quer de jeito nenhum trepar com a galera ansiosa também.

Só que não só de qualidades vive Phury. Ele é um viciado. Um viciado mentiroso em quem não se pode confiar, pois a maioria das suas promessas são tão vazias como um saco de Ruffles.
Prometeu consumar a cerimônia do Primaz e não fez, prometeu largar a fumaça vermelha e não fez.
Fez muito pior. Se injetou heroína.

"Aquilo definitivamente não era fumaça vermelha. Nada de relaxamento gostoso, nada de bater na porta educadamente antes que a droga entrasse no cérebro. Aquilo era um ataque à mão armada com uso de força, e, enquanto vomitava, Phury se lembrou que estava tendo o que havia pedido."
PhuryAmante Consagrado, Cap. 43, pág, 434.

"...e encontrou Phury desmaiado com a cabeça na privada, com o enorme corpo jogado, o rosto estava da cor da cera das velas. A seus pés, uma agulha, uma colher e um cinto."
John MatthewAmante Consagrado, Cap. 43, pág, 438.

Seu livro, Amante Consagrado, mostra não só como ele se tornou quem é: a rejeição dos seus pais por perderem Zsadist, a decadência, a indiferença, a saga da procura pelo gêmeo perdido. Como também mostra o lado sombrio da paranóia, depressão, vícios e mentiras que em que ele vive.

É seu irmão Zsadist quem tenta colocar um pouco de juízo na sua cabeça.

"Pelo amor de deus, desça da cruz. Outra pessoa deve estar precisando da madeira dela."
ZsadistAmante Consagrado, Cap. 27, pág, 284.


(crédito da imagem para Lazy Circles)

Comprovação definitiva de que ele não faria feio nas cenas shirtless!! Hehehehe

E é com a ajuda da doce Escolhida Cormia que ele alcança a redenção, reafirmando sua força e sua liderança. Largando a Fumaça Vermelha definitivamente, calando a voz do Feiticeiro na sua mente.

"Naquele momento, com seu mundo em transformação, com sua shellan nos braços. Phury sentiu algo que nunca imaginou que sentiria.
Finalmente se sentiu como o herói que sempre quis ser."
PhuryAmante Consagrado, Cap. 50, pág, 495.

O lindo entrou para os NA (Narcóticos Anônimos), com o nome fofo de Patrick! Imagina o frisson da mulherada quando viu esse colosso de cabelos maravilhosos chegando para a reunião. Certeza de que o programa foi um sucesso depois disso! Huahahaha

"Ele não sabia se conseguiria durar. O Mago estava com ele há muitos anos e o conhecia como se fosse um irmão. A única coisa que sabia era que na próxima terça, às nove, ele iria à reunião de novo."
PhuryAmante Consagrado, Cap. 54, pág, 517.

Eu sei que ele é difícil, mas gente, dêem uma chance para esse vampiro guerreiro maravilhoso te conquistar! Afinal, olha o que ele diz...

"Eu sou a Força da Raça. Eu sou o Primaz. E assim devo reinar!"
PhuryAmante Consagrado, Cap. 48, pág. 485.

[Que é a melhor citação do Phury!!! \o/]

Outros Personagens Que Amamos:

16 comentários:

  1. Eu tbm amei Phury , cheguei a chorar em várias partes do livro... Lindo !

    ResponderExcluir
  2. @Anônimo

    Phury é mt emocionante, mas não é um personagem fácil. Por isso amo tanto ele.

    ResponderExcluir
  3. O Phury é perfeito, com todo esse espirito altruista, sempre pensando nos outros primeiro, esse amor impossivel pela Bella estava me corroendo tbm! haha Ainda bem que ele conheceu a Cormia e acho que foram feitos um para outro. Simplesmente AMO o Phury incondicionalmente...

    ResponderExcluir
  4. @Anônimo

    Fico muito feliz quando encontro mais pessoas que também amam o Phury! :D
    A maioria diz que ele é um dos personagens menos preferidos, mas pra mim ele está entre os Top five!

    ResponderExcluir
  5. Oi Gabi, tbm passei a amar o Phury. Mas, confesso que fiquei apaixonada por ele depois que li o livro pela segunda vez...
    Li com mais calma, porque quando pego um desses livros, devoroooooo
    Ele é um dos mais valorosos entre os guerreiros, e é um doce né gente???

    ResponderExcluir
  6. OMG Eu AMO o Phury. É o meu favorito (ok, junto com o Vishous, hehe)e ponto final. E a coisa mais dificil é encontrar quem goste dele, a maioria das pessoas só acha ele frustrante. E Lover Enshrined também não colaborou,né. Metade do livro é sobre um milhão de outras coisas, menos sobre o Phury. Uma das minhas cenas favoritas do Phury é de Lover Unbound, quando a Bella vai se despedir dele e escova os cabelos dele. Acho que no inicio de Dark Lover, o "unico amor" é o Z mesmo.A gente sabe que o Phury faria (e fez) qualquer coisa pelo irmão. O que me deixou ainda mais brava ainda com o Z e esse comentário dele, pro Phury descer da cruz. Francamente. E ainda falou q não ia agradecer o Phury porque agora a vida dele (Z) estava pior que antes. Francamente [2]. Mas bom, amei esse seu post :) ah, e te adicionei no twitter hehe.

    ResponderExcluir
  7. @Liachristo

    Eu acho o Amante Consagrado um livro difícil de ser lido, mas é um dos meus preferidos. Não só porque Phury é mesmo um doce, como vc disse, mas porque tem finalmente a revelação que a gente já desconfiava: Blay saido do armário!
    Ah, e o beijo deles... Lindo.

    ResponderExcluir
  8. @Mary

    Thanks!!!
    Vamo tuitá!! Hehehehe
    Mary, lendo o Guia descobri que a WARDen inicialmente não iria colocar os dois como irmãos, e Phury teria perdido uma shellan e um filho e sua perna teria sido arrancada por um Redutor.
    Já Zsadist seria desfigurado por ter sido traído e tals. Ou seja a estória inicial dos dois seria muito diferente do que foi.

    E a cena de Bella escovando seus cabelos é muito linda mesmo. Eu fico imaginando como foi pra ele, como foi tentador, afinal cafuné é uma das coisas mais deliciosas do mundo!!!!

    Os livros da WARDen tem um fluxo senoidal (engenharia falando mais alto aqui! Hehehe). Ela vai e volta nas estórias dos caras. Por exemplo: Blay e Qhuinn foram bastante abordados em Amante Consagrado, então meio que sumiram em Amante Vingado, depois voltaram com tudo e praticamente seguraram Amante Meu, novamente ficaram mais à parte em Lover Unleashed. A esperança é que tenha muuuuuuito deles em Lover Reborn!!!
    Assim como Phury tenha mais espaço novamente em algum próximo livro.

    ResponderExcluir
  9. @G.R. Roots

    sim, quando li o Guia também vi o que Phury e Z poderiam ter sido (até comentei isso no seu post sobre o guia hehe). Mas aquilo era apenas uma idéia inicial que a autora apresentou pros editores. Acredito que, no momento em que ela começou a escrever Dark Lover, Z e Phury já tinham mudado e seriam o que são hoje. Imagina o Phury vivuo aawwwnn. Bom, a gente sabe que Phury vai ser papai e eu espero mesmo ver mais coisas sobre ele nos próximos livros (especialmente porque acho que as Chosen vão ter um papel mais importante no futuro)mas fiquei frustrada com Lover Enshrined. Era pra ser O livro do Phury,né. Ah, e se quiser me seguir no twitter tb, @maryfleury

    ResponderExcluir
  10. Amooooo! Só não amo mais que o Rhage!

    Ele, Rhage e Rehvenge são meus lindos!!!! *-*

    Mas se eu tiver que dizer um ator que eu associo à ele é o Brad Pitt com aquele cabelão de "Entrevista com o vampiro".

    Uiuiuiui!!!

    ResponderExcluir
  11. Amooo o Phury e sou louca por ele e fico triste porq a maioria das meninas odeia ele só digo uma coisa a elas.

    Dêem uma chance a ele porque eu o amo muitoooo e vcs tmb vão amar.

    ResponderExcluir
  12. @luciene

    Não tem como não amar!
    Faço campanha pra todo mundo dar uma outra chance pro pobrezinho, porque ele é um dos personagens mais ricos, e conturbados, e decentes, e mentirosos, e lindos do mundo!

    Beijocas, querida!
    Gabs

    ResponderExcluir
  13. Amo o Phury tb. É de longe o meu queridinho. Os sacrifícios pelo irmão, a natureza gentil e afetuosa, a gentileza, a força que ele tem mesmo estando consumido pelas frustrações. Amei a Cormia tb, a delicadeza e discrição dela me encantaram. Li o livro inúmeras vezes - até hoje leio, na verdade. De tanto ler, percebi inúmeros deslizes da J.R Ward c/ o livro dele. Sem falar que eu esperava que ela detalhasse mais as emoções dele c/ Cormia. A cena da primeira transa, por ex, merecia que ela falasse das sensações que ele estava tendo ao perder a virgindade. E achei que as cenas entre os dois poderiam ser mto mais profundas e ardentes. Ela não conseguiu me convencer de que Phury estava intensamente apaixonado por Cormia.

    ResponderExcluir
  14. Poooxa, eu amei loucamente esse seu post, sabia? Tá tão detalhadinho, explicando tão bem a essência do Phury, suas confusões e a loucura que reina em sua vida particular. Eu sou apaixonada por todos os Irmãos, e cada um tem um detalhe diferenciado que os torna ainda mais sedutores e envolventes. O Phury, mesmo com toda problemática, é um lorde, um gentleman e a determinação dele é completamente empolgante. Parabéns pelo post! Bjo

    ResponderExcluir
  15. @Anônimo

    Sabe o que meu deixou feliz e me surpreendeu nesse post? A quantidade de gente que realmente ama o Phury!
    Acho q as fãs do Phury ficavam soterradas pelas fãs dos outros Irmãos e terminavam nem tendo voz. Não tendo com quem compartilhar seu amorzinho.

    Girls, aqui é seu espaço!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  16. @Janne

    Jeanne, muito obrigada pelos elogios!!!
    O Phury é mesmo uma coisa completa: problema + fúria + loucura + vício + mentira + heroísmo + honra + paixão + beleza

    Eu também já li o Lover Enshrined muitas vezes (4, pra ser mais exata) e a cada vez amo o livro mais.
    O Phury pode não ter tido o espação que Zsadist, por exemplo, teve em seu próprio livro, mas tudo o que aconteceu lá deveria ter sido contado da maneira q foi.
    Pra mim o Amante Consagrado tinha de ter mais umas 100 páginas de Phury e Cormia, até pq, não sei vc, mas nenhuma outra shellan me conquistou como a Bella e a Beth. Tá faltando espaço pra elas.

    Beijocas, amiga!!!

    ResponderExcluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...