O Peixinho Recomenda: Esquecer o Natal - John Grisham

Chegamos ao finzinho de 2012.
Um ano que não posso chamar de bom, mas também não posso chamar de ruim (se bem que que parte ruim sempre pesa muito mais pra mim).

Como recomendação para leitura nesse fim de ano, Esquecer o Natal de John Grisham é perfeito.


Juntando aquele "blues" de Natal, aquela tristeza inevitável que bate quando a gente faz o retrospecto do ano que está acabando, com um humor bem sarcástico, John Grisham faz desse livro pequeno (216 páginas) uma estória impossível de largar.


Imagine que seus filhos já estão criados e que todo a quele trabalho para realizar uma grande festa de Natal, daquelas que são esperadas por toda a vizinhança, já não se justifica.
Você pode muito bem comprar uma super viagem, mesmo que a data de embarque seja no dia 25 de dezembro. Por isso, por que se preocupar em enfeitar a fachada, montar árvore e comprar presentes?

E quando toda a vizinhança se une para ganhar um concurso de rua mais bem enfeitada da cidade e você tem a única casa que não colabora?
Para Luther e Nora Krank não vai ser tao fácil Esquecer o Natal como eles gostariam!

Eu tenho esse livro desde 2003, ou seja, vai fazer 10 anos que eu li pela primeira vez. Mas é uma estória eterna, com a qual me identifiquei profundamente. Até porque, na maioria dos anos, eu gostaria mesmo de Esquecer o Natal, de estar longe, de não ter de me preocupar em fazer uma cara contente e ir a festas de família, de ficar tentando prever as confusões que podem acontecer.

Se você acha que o Natal não é uma época mágica, se você já não acredita em Papai Noel ou em paz mundial e se também gostaria de sumir e ficar incomunicável no final do ano, vai gostar muito de Esquecer o Natal.


- O Filme:
Ah, infelizmente fizeram um filme sobre esse livro. Chama-se Um Natal Muito Louco - pelo título dá pra adivinhar que merda que é.

(crédito da imagem para John Grisham)

O filme é uma bosta, completamente diferente do clima do livro. Não aproveitam a ironia de todos os seus planos irem por água à baixo. Eles simplesmente transformaram um ótima estória num besteirol ridículo.
E pra piorar, o titulo original do filme, Skipping Christmas (o mesmo do título original do livro) virou essa merda com "Muito Louco" no meio. Fala sério! É a saída mais preguiçosa para se traduzir qualquer  título de filme aqui no Brazil.

Não consigo entender como Jamie Lee Curtis concordou em participar disso...


- Sobre John Grisham:
John é um autor super famoso e super cotado para ter seus livros transformados em filmes.

John Grisham
(crédito da imagem para Leitores Compulsivos)

Dentre os filmes famosos baseados na obra de John estão:
  • A Firma;
  • O Dossiê Pelicano;
  • O Cliente;
  • Tempo de Matar.

E com quase 30 livros publicados, é considerado o sexto autor mais lido dos EUA pela Publisher Weekly (fonte? a de sempre! Wikipedia)

Então, além de Esquecer o Natal tem muita coisa boa e interessante para ser lida vinda de John Grisham. Eu não posso dizer em primeira mão, porque esse foi o primeiro e único livro que li dele, mas pesquisando sobre o cara, deu bastante vontade de mergulhar nas suas obras e conhecer melhor.

2 comentários:

  1. Oi,
    Eu adoro o Natal e uma boa leitura, então independente de gostar ou não do Natal já estou interessada nesse livro, é o tipo de humor que eu gosto!
    Bijos.

    ResponderExcluir
  2. Uau, não fazia ideia que esse livro era do John Grisham, porque, né, os outros livros dele parecem ser beeem diferentes (só vi os filmes). Como nunca li esse livro, achei o filme engraçadinho. O Tim Allen é uma piada. Bjs, Gabi!

    ResponderExcluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...