Confissões do Peixinho - Parte II: Confesso que não consigo deixar de pensar na IAN!

Tinha ainda tanta coisa pra confessar sobre nossos vampiros maravilhosos da Irmandade da Adaga Negra que resolvi soltar mais algumas confissões essa semana.

*Aviso: algumas confissões podem conter spoilers.*

Espero que vocês se divirtam e confessem com a gente!

Acho que esse é o grande furo da estória toda. Os Redutores, que são os malvados, frutos do mal destilado que é o Ômega, suportam o Sol numa nice. Os vampiros, que não são os monstros mitológicos da cultura moderna, que são bacanas e bonzinhos, entram em combustão num amanhecer romântico. Todas as lendas sobre os vampiros associam essa característica ao fato de eles terem sido gerados por algo mal e deturpado. A não ser que isso seja explicado mais pra frente, continuo achando incongruente.


Mesmo que as pessoas não entendam isso, desde Amante Consagrado o motivo principal para eu ler a IAN é o relacionamento de Blay e Qhuinn. E, seguindo o ritmo dos outros livros, quando a WARDen resolve o drama de algum relacionamento ela demora muito a voltar a falar dele. E Blay e Qhuinn já tiveram tanto espaço em livros anteriores (Amante Meu, Amante Libertada e Amante Renascido) que acho que vamos ficar um bom tempo sem saber deles...

Quando estava lendo Amante Libertada e Payne foi sequestrada pelo Bando de Bastardos, percebi logo que Xcor não era cruel e que era super complexado por ter sido abandonado e por causa de sua aparência. Naquela hora ela poderia ter simplesmente esticado seu dedinho e tocado o lábio dele, consertando o defeitinho. Acho que ele ficaria eternamente apaixonado por ela e também seria um drama legal.

A partir dessa cena comecei a realmente imaginar cenas dos dois juntos, porque naquela hora, depois de tudo que já tinha acontecido entre eles, Vishous poderia ter tido culhão e pedido um beijo para Butch. Certeza de que ele daria!
A estória deles nunca se resolveu e acho que eles vão ficar nesse chove-não-molha pra sempre. Uma pena.
  
Imagina a cara dos outros guerreiros quando Vishous e Butch estivessem de pau duro no meio da cerimônia! Hahahahaha
Seria muito louco!

Tem muito mais coisas para serem confessadas, mas prefiro deixar vocês com gostinho de quero-mais.

Outras Confissões do Peixinho:

6 comentários:

  1. "Acho que esse (...) achando incongruente." Lembro de alguma sobre nossos vamps no sol postada no Brotherhood Confessions. Realmente, é injusto - vilões saindo a qualquer horário e nossos vamps sem poder pegar sol.

    "Mesmo que as pessoas (...) bom tempo sem saber deles..." Sim, galera fã de Qhuay toda pensa mais ou menos parecido. Eu, que não sou fã deles, tô comemorando porque finalmente vai acabar a enrolação!

    "Quando estava lendo Amante Libertada e Payne foi sequestrada pelo Bando de Bastardos, percebi logo que Xcor não era cruel e que era super complexado por ter sido abandonado e por causa de sua aparência. Naquela hora ela poderia ter simplesmente esticado seu dedinho e tocado o lábio dele, consertando o defeitinho. Acho que ele ficaria eternamente apaixonado por ela e também seria um drama legal." WHAT. THE. FUUUUUUUUUUUUCK?????????? Tudo bem, isso aí teria prevenido que ele tivesse tentado matar Wrath depois, e já que a Payne é minha personagem feminina preferida ali, empatada junto com a Beth, ele até teria ganhado minha simpatia... Mas, desculpa, entre Xcor e Dr Manello... Dr Manello, por favor.

    "A partir (...) Uma pena." Realmente, a coisa poderia ter tomado outra cara.

    "Imagina (...) meio da cerimônia! Hahahahaha" >> Achei que a cena já ficou boa do jeito que foi mesmo; maaaaaaaaaaas... Como boa fã de Vutch, concordo, teria ficado ainda mais legal.

    Tô mega com saudade de nossos chats surtados.

    beijões!

    ResponderExcluir
  2. Queria que a Payne curasse meu Rei !!
    Queria que o Muhlder retornasse com seu segredo bombástico !!
    Queria que o Xcor tivesse um bom motivo por odiar o Wrath !!

    ResponderExcluir
  3. Oi Gabi, adorando ler suas confissões! Tem tanta coisa que eu queria diferente na série! Apesar de amar IAN e achar que ela é a melhor série de vampiros que já tive o prazer de ler... Sim, eu confesso que mudaria algumas coisas... kkkkkk
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  4. Eu confesso que estou doidinha pra Warden anunciar que o próximo livro será do Xcor (tô fissurada nele). Confesso também que acho o Vishous um ogro (no mau sentido).
    Estou adorando as confissões, sei que já passou, mais é sério que vc acha que o Trez é gay?
    Bjs.
    Renata.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renata, eeHH!!!! \o/
      Adoro vc, porque vc realmente comenta! Isso me deixa tão contentinha!!! *.*

      Cara, já achava o Trez do babado, ou meio simpatizante, mas em Cobiça (Covet, Fallen Angels) algumas coisas me fizeram acreditar que ele realmente não é chegado nas catiças.
      Com o final feliz de Blay e Qhuinn, imaginando que a WARDen não vá matar o Saxton ou transformar ele num babaca, realmente gostaria que os dois ficassem juntos.

      Mas é so uma tioria. Hehehehehe

      Beijus!!!

      Excluir
  5. Que cena do ginásio é essa de Vutch? Não sei! é aquela que eles estão conversando depois da cirurgia que Jane faz no Phury?

    ResponderExcluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...