Hot Head - Damon Suede: Haja quina da mesa pra você se esfregar! Huahahahahaha

Meio cansada daqueles romances água com açúcar das garotinhas de 15 anos andando de mãos dadas com seres sobrenaturais que brilham ao Sol?

Quer alguma coisa com mais substância, que vá te deixar suando e se abanando, que vá fazer você ficar esperando por cada momento de pausa que tiver pra poder ler mais um pouco? Um livro que vai fazer você olhar para o lado para ver se tem alguém lendo o mesmo que você e descobrindo como você é uma perva não assumida?

Seu problemas se-acabaram-se!!

Apresento o fabuloso Hot Head, que vai deixar não só sua cabeça quente, mas outras partes mais pra baixo do Equador também!!

(crédito da imagem para Damon Suede)

And... Esse é meu livro M/M preferido EVÁAAAAHHHHHH!!!
"Because people should not be punished for loving and hoping and holding their hearts open."
AlekHot Head, Cap. 14.
Tradução livre do Peixinho:
"Porque as pessoas não deveriam ser punidas por amar, e ter esperança, e manter seus corações abertos."

Eu gosto tanto, tanto desse livro, que fazer a resenha dele me dá certo medo porque sei que não vou conseguir expressar aqui o quanto esse livro é foda.

Aviso: as opiniões contidas nesse blog são pessoais. Os autores do blog não tem nenhum compromisso com nenhuma editora ou autor. O fato dos autores do blog Peixinho Prateado gostarem ou não de um livro não quer dizer que eles estão te ofendendo pessoalmente. Por isso, por mais que você não concorde com a opinião dos autores do blog Peixinho Prateado, respeite-a. Você também tem seu espaço para externar a sua opinião ali embaixo nos comentários. Seu comentário será publicado e provavelmente respondido (de acordo com a disponibilidade dos autores do blog Peixinho Prateado) se for redigido com respeito e educação.
Dito isto, divirta-se! ;D

Então vamos tentar separar por partes (como eu sempre gosto de fazer): o que faz um livro ser bom?
Na opinião da Gabizinha, alguns elementos são essenciais para um livro ser considerado bom/muito bom/foda pra caralho:
  • Boa estória/história;
  • Boa narrativa;
  • Bom ritmo.
Hot Head tem uma estória super bacana, pois conta um pouco da vida e da rotina de bombeiros de Nova Iorque alguns anos depois do 11/09 (dia em que os aviões atingiram as Torres Gêmeas em Manhatan). O livro não tem relação direta com o ato terrorista, mas deixa bem claro o quanto esse acontecimento mexeu com a população de Nova Iorque e com os bombeiros/para-médicos/policiais de lá.

Damon Suede é um autor fenomenal, porque torna os personagens tão acessíveis, como se você entrasse na cabeça deles, como se você conseguisse entender seus sentimentos e suas decisões. Você compra totalmente o que está sendo dito e você sente o que os personagens estão sentindo. Totalmente excelente e um dos meus escritores favoritos (apesar de eu só ter lido 2 livros) e excelente narrador.

O livro tem seus momentos de tensão, de ação, de suspense e de romance, e Damon Suede sabe dosar e dar para a gente exatamente o ritmo que cada momento desse precisa. Por isso, a cada vez que releio o livro (sei que é um pecado com tantos livros lá na minha prateleira, mas é que é irresistível voltar e dar mais uma olhadinha quando estou com saudade de alguma coisa quente e bem escrita) sinto como se fosse a primeira.

Pra mim todos esses elementos formam um livro praticamente perfeito no que ele se propõe.
E não importa o gênero que a gente leia: sempre vai ter coisa fina e sempre vai ter lixo. Hot Head é o crème de la crème dos livros M/M.

Mas é bom deixar claro que Hot Head não é para todo mundo.
Se você ainda está insegura acerca de seus sentimentos relacionados a dois caras se pegando, nem leia, porque sua inocência ficará corrompida para sempre!! Huahahahaha
Eu li ano passado, por indicação da Nate (sua lymdha, sempre com dicas deliciosas sobre uns romances M/M imperdíveis!). Depois a Monica Vidal, essa Meca Perva dos romances M/M, confirmou que esse era um daqueles livros "must read".

Comprei a versão Kindle pela Amazon em setembro de 2012 naquela fissura para me segurar - e me preparar - para Lover at Last. Nesta mesma época comprei também o Str8te Boys (Garotos da Rua); Zero at the Bone (essa é difícil de traduzir, mas pode ser algo como "Sem Nada" ou "No Osso"); Shades of Gray (Nuances de Cinza); Cut & Run (outra tradução espinhosa, mas pode ser Cortar & Correr) e Stick & Stones (Paus & Pedras); Shattered Glass (Vidro Quebrado - mas ter um trocadilho com o nome do protagonista, que é Glass); Ethan, Who Loved Carter (Ethan, que Ama Carter); Bear, Otter and the Kid (Urso, Lontra e o Garoto) e Who We Are (Quem Somos Nós).
Todos muito legais, mas Hot Head se destaca junto com Str8te Boys.

Aliás, são muitas semelhanças entre esses dois títulos. O que talvez explique porque gosto tanto dos dois.

Quem avisa, amigo é: Só continue a leitura desse post se você for maior de 18 anos, não for homofóbico nem intolerante.


O autor: Damon Suede
Muito amor por esse fofo.

Olha só a fofura do Damon SuedeYou go, mona!!
(crédito da imagem para Goodreads)

Damon Suede saiu, como ele mesmo diz em seu site, do cu da região mais direitista da América do Norte e fugiu de lá assim que atingiu a maioridade. Já foi de tudo um pouco nessa vida: modelo, officeboy, promotor de eventos, programador, escultor, cantor, stripper, vendedor de livros, bartender, técnico de T.I., professor, diretor de filmes independentes... Mas escrever era sua paixão.

Ele está orgulhosamente fora do armário e casado com seu príncipe encantado há mais de dez anos.
Atualmente é o presidente do grupo Rainbow Romance Writers (algo como "Escritores de Romance Arco-íris"). Foi ele quem organizou a coletânea de contos eróticos gays Don't Read in the Closet. (Vamos falar mais dela ali embaixo!). Ele parece ser super fofo, simpático e engraçado. E escreve muito!!!!


Resuminho
Hot Head é um livro contemporâneo que se passa em Nova York. É um drama sobre dois bombeiros: um ruivo escocês gigante e doce chamado Griffin Muir e outro moreno italiano charmoso e engraçado chamado Dante Anastagio.



As imagens acima fazem parte de uma brincadeira que o autor fez, criando "trading cards", que são um costume lá nos Isteites. Dá no mesmo que trocar figurinha, só que lá eles não colam nos álbuns como a gente fazia na infância (bons tempos...). Damon Suede e outros coleguinhas resolveram criar cards de seus personagens, então os fãs poderiam trocar entre si. Você pode encontrar as duas imagens no site do Damon Suede.

Griffin é separado da esposa e mora no porão triste da casa de seu pai, um velho amargurado e distante. O mais próximo de família que ele tem é seu melhor amigo Dante e a família italiana dele, que sempre o tratou como um filho.

Griffin reconhece que o sentimento em relação à Dante mudou há algum tempo, mas não se permite sentir abertamente por medo de arruinar sua grande amizade e de perder o mais próximo de uma família que ele tem, que são os pais e irmãos de Dante.

Dante é um womanizer, um mulherengo, perigote das mulheres e altamente desejado na sua comunidade. Apesar de ser galinha, Dante também não para com ninguém. Dante é um espírito livre, feliz, despreocupado e inconsequente. Daquelas pessoas pelas quais é impossível não se encantar.

Ao mesmo tempo o gigante ruivo Griff com sua doçura também é daquele tipo de pessoa pela qual todos se encantam e gostariam fortemente que fosse seu amigo ou irmão. Alguém para se dar um grande abraço e se ter sempre perto do peito.

Dante tem um sobrado caindo aos pedaços e está há anos tentando reformar a casa. A casa é ao mesmo tempo o quartel general de todos os amigos, e está sempre de portas abertas em dias de jogo para receber todos que quiserem. Na casa de Dante todos são sempre bem vindos, e recebidos com comida italiana (Dante cozinha pra caralho) e uma Guinness gelada.

Cerveja stout gaseificada com nitrogênio, não gás carbônico como a gente está acostumado aqui no Brasil.  Alto amargor, bastante gosto de café torrado e praticamente sem retrogosto (aquele gostinho no final da língua que fica depois do gole). Assim que é servida cria esse creme lindo por cima, mas perde praticamente todo o gás. Mas essa delícia é assim mesmo.
Nem todo mundo gosta. Meu Hellren, por exemplo, detesta. Mas eu adoro!!!
(crédito da imagem para É Só Pavê)

E para conseguir reformar essa casa e pagar suas prestações, Dante faz turnos duplos como bombeiro e ainda pega outros servicinhos free-lance.

Até encontrar o site pornô gay chamado Hot Head.
E descobrir que pode fazer um bom dinheiro ali. Principalmente se conseguir alguém pra dividir as luzes do estúdio com ele.
E adivinha quem ele resolve convidar?
Sim, Griffin Muir. Seu melhor amigo que está secretamente apaixonado por Dante.

O livro é excelente!
Destaque para a irmã de DanteLoretta, e sua filhinha Nicole, e para a mãe de Dante, que é uma fofa! A Sra. Anastagio é uma daquelas senhorinhas super arrumadinhas, que tem um poder de observação sobrenatural e parecem perceber tudo o que acontece antes de todo mundo. Os momentos desses personagens são perfeitos!


- Pitacos da Gabizinha (resumão e uns spoilers deliciosos!)
Vamo falar de coisa boua? Vamos falar de sacanagi?

Então cremosos e cremosas, pela descrição ali em cima e se vocês lembram da resenha de Str8te Boys (se não lembram, passem aqui para tirar as teias de aranha da memória), Hot Head tem algumas boas semelhanças. Ambos os livros falam sobre amigos. Principalmente falam do fato de um dos amigos estar tendo que controlar sentimentos muito maiores que a amizade. Nos dois livros os amigos citados são hétero até onde se sabe, tendo tido relacionamentos até duradouros com mulheres e tals. Em ambos os livros há um site de pornografia envolvido.

Depois que eu li Str8te Boys e publiquei no Skoob (me procurem por lá! :D) recebi a recomendação de ler o Hot Head. Fui até a página do livro no Skoob pra ver a descrição e já dali torci o nariz.
Mais uma capa altamente brega com peitos dos caras sarados de suspensório de bombeiro. Mas o pior foi ver que o resumo era muito parecido com o Str8te Boys.
Fiquei puta. Achei uma cópia deslavada do romance da Evangeline Anderson e me recusei a comprar. Por um tempo.
Porque depois recebi mais indicações, e mais indicações, até que dei o braço a torcer e comprei a versão Kindle!

Pelo menos lendo no Kindle eu não teria de me preocupar com todo mundo olhando essa capa breguíssima e  torcendo o nariz imaginando que eu estaria lendo putaria. Como estaria lendo, na verdade! Hehehehe

Pelo que vocês já viram, não me arrependi de jeito nenhum!! Teria me arrependido mesmo se não tivesse comprado!

Essa é uma estória M/M exatamente do jeito que eu mais gosto. É a GFU (Gay For You) mais perfeita que já li.

Abrindo um parênteses aqui, GFU é um subgênero dos romances M/M. É quando um ou os dois protagonistas se "tornam" gay por se apaixonar especificamente por uma cara em especial. Ou seja, o cara "não era gay" (entre aspas porque eu não acredito nisso de virar gay, mas fica mais fácil explicar assim), mas se apaixona por outro cara e resolve se assumir para ficar com esse cara. Geralmente o personagem GFU costuma fazer declarações do tipo "Não conseguiria sentir tesão por mais nenhum homem que não fosse você."
Um excelente exemplo de personagem GFU é o nosso ilustríssimo Butch da Irmandade da Adaga Negra (livro autografado já chegou! \o/). Ele é machupacaralho (fale rápido três vezes sem parar e você vai descobrir o que ele é na verdade! Huahahahahaha), puliça, passa o rodo em geral, casado com uma mulher de beleza perfeita, mas é totalmente gay pelo Vishous. Tanto que quando perguntam para J.R. Ward se Butch é ou não gay, ela responde: "Ele é V-sexual." Ou seja, pipows, ele gosta de esfiha, mas é doido pra dar ré no kibe do Vishous.

E por que essa é a estória GFU que eu mais gosto? Porque os dois personagens são personagens GFU. Nenhum dos dois tinha atração por outros homens até que... Bem, vamos falar mais disso ali embaixo.
Mas voltando ao GFU, estou atualmente lendo uma grande coletânea de contos eróticos M/M chamada Don't Read in the Closet. Essa coletânea tem 5 volumes e muitos e muitos contos: uns curtinhos, uns maiores. Vários temas diferentes, desde romances sobrenaturais, históricos, contemporâneos, cowboys, atores, adolescentes, coroas, e é claro, GFU.
Confesso que quando leio que o personagem principal já sabe que é gay mesmo, dou uma desanimada.
Como vocês sabem, adoro uma angst, uma angústia psicológica, uma luta interna para aceitar o que sente e lutar contra os tabus da sociedade. Hehehe

Sobre a coletânea Don't Read in the Closet, ela é distribuída de graça através do Goodreads. Você pode baixar sem medo dos direitos autorais, porque os autores abriram mão deles. Há versões para Kindle e Mobipocket, arquivos disponibilizados em ZIP, ePub e Pdf. E a excelente notícia é que tem contos de grandes autores M/M como o próprio Damon Suede, Ryan Loveless, Lydia Nyx, entre outros. Porém (ah, porém) que eu saiba só tem em inglês.

(crédito da imagem para Goodreads)

Voltando ao Hot Head, não sei te dizer quantas vezes já li o livro todo ou partes dele. Sei que reli umas três vezes assim que terminei a primeira vez de tanto que eu gostei. E olha que nem é assim um livro tão curto: tem 9.065 posições (na Amazon diz que são 320 páginas) contra 1.956 de Str8te Boys.
Mas você lê de uma vez.

Quando li dei uma empacada no início. Eu não estava muito familiarizada com o inglês, mas seguia tentando conseguir entender o que acontecia. Da primeira vez perdi muita coisa, mas depois, a cada releitura, tudo foi ficando mais claro. Tem que ter perseverança nessa vida, pessoas.

O personagem principal sem dúvida é o Griff. Mas Damon Suede nos fez o imenso favor de não narrar em primeira pessoa! EEEHH!!!!!
Griff trabalha não só como bombeiro, mas também como segurança de bar, já que ele tem impressionantes 1,96 m e 110 kg de músculos numa pele rosada e cabelos ruivos. E pra deixar nosso coração ainda mais derretido, ele usa kilt! Fofura!!!!!

Colin Farrel de kilt! Cadê seu deus agora? Huahahahaha
(crédito da imagem para Tumblr)

E, se ninguém juntou os pontinhos, a primeira coisa que me fez ficar vidrada nessa livro é que o personagem principal é RUIVO! Claaaaaaro que a comparação com meu amado Blaylock foi instantênea! E eu caí de amores pelo Griffin Muir nas primeiras páginas.

Auto confiança passa longe de Griff, já que ele não tem consciência do próprio sex appeal, da própria beleza.
Desde o começo ele sabe que está apaixonado por Dante. Sabe que isso já está ocorrendo há dez anos e sabe que um homem que gosta de outro homem só pode ser gay. Mas detesta esse rótulo, porque nunca teve interesse em nenhum outro homem e jamais teria; nunca procurou nenhum homem e jamais procuraria; além de se prometer jamais revelar seus sentimentos para Dante ou para ninguém.
Eles são amigos desde o segundo grau, tipo, há 15 anos. E a sua amizade fica muito bem caracterizada. Eles são muito íntimos e muito próximos. E depois que a mãe de Griff morreu e ele ficou só com seu pai, se não fosse a família de Dante lhe acolher, ele teria ficado sem ninguém para lhe apoiar.
Ele se casou mais novo com uma mulher chamada Leslie que detestava Dante. O que não mudou em nada o fato de ele ter escolhido Dante para ser seu padrinho de casamento. O matrimônio com Leslie acabou sete meses depois do 11 de setembro, o que foi um alívio para Griff.
Durante o episódio das Torres GêmeasDante esteve desaparecido durante o resgate e Griffin ficou louco procurando pelo amigo, que conseguiu se safar e ainda salvou uma pessoa.
Damon Suede constrói muito bem a relação dos dois. A gente é envolvida na proximidade dos dois e percebe como eles são amigos.

E é muito difícil esconder como se sente, porque parece que Dante está sempre dizendo e fazendo coisas que podem arruinar seu disfarce, como convidar Griff para um menáge com uma garota... ou contar para Griff que fez um vídeo erótico se masturbando para o site Hot Head.
"'Just polish the pole. For cash! Like I don't do that four fucking times a day already.'"
Dante AnastagioHot Head, Cap. 4.
Tradução livre do Peixinho:
"- Só encerar o mastro. Por grana! Como se eu já não fizesse isso quatro vezes ao dia, cacete."

A auto-descrição de Griffin é hilária. Principalmente quando ele fala de seu pinto! Ele tem um pintão grande, mas o que mais o destaca é que é grosso!! Griffin tem vergonha desse pintão, quase do tamanho de uma lata de cerveja, que assustava sua ex-esposa.
Ele se considera grandalhão e atrapalhado, como um grande búfalo albino. Sempre se enxerga de uma maneira engraçada e pejorativa ao mesmo tempo. Um fofo!
"'No way can you fit all that into my tight-whiteys.' Dante waved at Griff's oversized... everything."
Dante Anastagio, Hot Head, Cap. 3.
Tradução livre do Peixinho:
"- De jeito nenhum você vai caber todo nas minhas camisetas brancas justas. - Dante apontou para o enorme... tudo de Griffin."

Tem uma descrição de Griff que diz exatamente o que ele é, e como eu o imagino. Um cara perfeito, real, e bom em todas as fibras do seu ser:
"Because you are authentic, Mr. Muir. One hundred percent genuine. You don't look like a stripper or a hustler or a criminal. You're not pretty or groomed or juiced. You look like exactly what you are: a handsome American hero who doesn't know his own appeal. And you are intensely appealing. That is most of the reasons, anyways."
AlekHot Head, Cap. 14.
Tradução livre do Peixinho:
"Porque você é autêntico, Sr. Muir. Cem por cento genuíno. Você não parece um stripper, ou um malandro, ou um criminoso. Você não é bonitinho, ou arrumadinho, ou bombadinho. Você se parece exatamente com o que você é: um belo herói americano que não sabe o quanto é interessante. E você é intensamente interessante. Essas são as maiores razões, de toda maneira."

E Dante é um safado. Como o livro é contado do ponto de vista de Griff, eu fiquei um bom tempo sem saber se Dante provocava Griff de propósito porque sabia que o cara estava completamente apaixonado por ele, ou se tudo o que fazia era na inocência. Tipo mandar um e-mail pra Griff com um link para seu vídeo pornô e uma pergunta: "Are you a Hot Head?" (algo como: "Voçê é um cabeça quente?").
É claro que mesmo lutando para não ceder à tentação e assistir ao seu melhor amigo dando uma laranjada, o autocontrole de Griff não dura muito e ele fica vidrado no que vê na tela. E pessoas... é realmente HotHotHot!!! Pense numas cenas gráficas! (Agora lembrei da maravilhosa amiga Rita Bandeira, sua voz linda e seu sotaque maravilhoso! Rita, um xêro no cangote!!!!)
E se sente muito culpado.
É claro que ele não pode confessar a Dante (quando eles se encontram) que viu mil vezes o vídeo.

Não só satisfeito com isso, Dante aproveita um almoço de família para colocar Griff contra a parede até ele concordar em fazer um vídeo erótico com Dante.
E que tortura! Ele teria que fazer um vídeo fingindo que fingia gostar de estar com Dante, quando na verdade estaria amando estar com Dante, ao mesmo tempo pensando que estava se aproveitando de Dante, já que Dante não tinha a menor ideia do desejo que ele sentia por seu amigo. Ufa! Que confa!
"Here he was, sitting in his fantasy, next to his fantasy, about to live out a fantasy, and all he wanted to do was flee."
Griffin MuirHot Head, Cap. 9.
Tradução livre do Peixinho:
"Aqui estava ele, sentado na sua fantasia, perto da sua fantasia, prestes a viver uma fantasia, e tudo o que ele queria era fugir dali."

Depois dessa primeira vez num site pornô com seu melhor amigo, Griff se sente em ressaca moral.
Apesar disso, a coragem de confessar seus sentimentos para Dante fica cada vez menor. Ele tem a brilhante ideia de tentar enterrar seus sentimentos para que isso não acabe com a amizade que ele mais preza no mundo.
Mas, numa ocorrência que tinha tudo para ser absolutamente normal, o mundo de Griff quase vira de cabeça para baixo quando Dante fica preso num prédio em chamas e é Griff quem entra para buscar arriscando sua vida. E ele se dá conta de que não vai conseguir fingir para sempre.
"Even if it wrecked him, nothing was scarier than losing the chance to tell the man he loved the truth."
Griffin MuirHot Head, Cap. 10.
Tradução livre do Peixinho:
"Mesmo que isso acabe com ele, nada é mais assustador do que perder a chance de contar a verdade ao homem que ele ama."

E ele tem uma ideia de como uma mentira guardada por muito tempo pode destruir uma pessoa por dentro quando vê seu colega Tommy Dobsky cada vez mais arrasado enquanto continua levando uma vida dupla: pai de família exemplar hétero versus gays frequentador de bares habituado a encontros sexuais anônimos.

Antes de conseguir efetivamente encontrar o momento perfeito de se confessar para Dante, o italiano volta com mais uma proposta para um vídeo no site Hot Head. Dessa vez ele acha que os dois poderiam finalmente conseguir dinheiro suficiente para saldar a dívida de Dante com a hipoteca da casa.
E rola uma das cenas mais sensuais de todo esse livro.
Segura a peruca, fia!
Assuntando sobre "atividades extras" que eles concordariam em fazer no próximo vídeo, conversa vai, conversa vem, Dante pergunta se seria assim tão ruim eles se beijarem. E que hora melhor para experimentar como seria senão agora, quando eles estavam completamente sozinhos no vestiários do quartel de bombeiros? Huahahahahaha
"Griff bent and grunted and his tongue pushed into the wet heaven of Dante's mouth, and it wasn't his heart that stoped; it was time.[...]
[...]Griff felt the saliva pooling in his mouth. He swallowed. And swallowed again and again and thought, I'm fucking drooling. My best friend is making me drool. I'm gonna drown in my own spit."
Griffin MuirHot Head, Cap. 12.
Tradução livre do Peixinho:
"Griff inclinou-se e gemeu, e sua língua se enfiou no paraíso úmido da boca de Dante, e não foi seu coração que parou; foi o tempo.[...]
[...]Griff sentiu a saliva se acumulando em sua boca. Ele engoliu. E engoliu de novo, e de novo, e pensou: Eu estou babando. Meu melhor amigo está me fazendo babar. Eu vou me afogar no meu próprio cuspe."

E se rola o vídeo? Claro que rola!
Dante parece não se importar em fazer as tais "atividades extras" com Griff. Ele inclusive parece bem satisfeitinho enquanto engole toooooodo o instrumento de Griff durante a filmagem! Hehehehe
Gente, a cena é longuíssima e a gente oscila com Griff entre o prazer de finalmente ter aquilo pelo qual sonhou e a culpa de se sentir traindo e usando Dante.

É claro que tem mais drama daí pra frente. Tem amigo enrustido deles tomando uma surra na rua e quase sendo morto, tem Griff pedindo pra não colocar o vídeo no ar com medo do mesmo acontecer com Dante, e tem um lance super triste, quando Griff, ao chegar de surpresa na casa de Dante, ouve uma conversa entre Dante e seu pai, o Sr. Anastagio, onde o pai de Dante o pressiona a tomar alguma atitude com relação à Griff. Griff fica sem chão, pois acha que todo mundo descobriu tudo o que rolou no site e que a família de Dante e o próprio Dante nunca mais vão querer vê-lo novamente nem pintado de ouro.

Ah, a angústia!!
Eu AMO livros com pontos de sofrimento e angústia!!
A parte de Griff ouvindo a conversa de Dante e seu pai é de doer o coração. E Griff decidindo sumir e tentar acabar a amizade com Dante é de chorar. Dante é tudo o que Griff pode considerar com sua família, é seu melhor amigo e é seu grande amor em segredo. Ele se convence a jamais voltar a procurar o cara para não forçar sua presença nojenta e indigna (acha ele) a Dante.
É como se tivesse morrido uma parte dele com o fim dessa amizade. E Griff simplesmente não sabe o que vai fazer do resto de sua vida.

E agora...
Tchan-tchan-tcha-tchaaaaaan!!!!
Momento da reviravolta feliz!
Ah, é claro que você já sabiam que os dois iriam ficar juntos!
E, vou te contar, quando eles colocam as cartas na mesa é ao mesmo tempo emocionante e suuuuuuuper quente!!! Huahahaha
Termina que a conversa toda que o Griff ouviu era o Dante pedindo conselhos pro seu pai porque estava há algum tempo APAIXONADO por Griff! <3 E não sabia o que fazer. Seu pai o aconselha a não magoar o ruivo, e se ele não tiver certeza do que quer, se afastar para não acabar com a amizade que eles ainda tinham.
Na verdade, Dante está tão louco por Griff que juntou o fato de precisar da grana que ganhou através dos vídeos no site Hot Head com a oportunidade de finalmente tocar Griff e fazer com ele o que gostaria de fazer em privado!
Fala sério se não é perfect!

E o ciuminho de Dante quando Griffin vai fazer umas fotos peladão? Huahahahaha
Ótemo!!

E eles viveram felizes para sempre, na casa de Dante, com a família de Dante achando ótimo ter finalmente o ruivão lindo na família!
E pra terminar, fiquem com essa declaração de delícia do Dante para o Griff, aquela coisa linda e ruiva! Olha só como Dante está louquinho por certas "partes" do corpo de Griff.
"'But that fucking thing. Madonn'. A piglet is what you got between your legs. With a wet nose.[...]
[...]'It's like camouflage. Like snakes os wasps or something. You got this huge fucking monster hidden is your smalls and it's this soft dusty rose that no one could ever feel afraid of. It lures you in and hypnotizes you.[...]"
Dante AnastagioHot Head, Cap. 16.
Tradução livre do Peixinho:
"Mas essa coisa aí. Mãededeus. Um leitãozinho é o que você tem entre suas pernas. Com um nariz molhado.[...]
[...]É como camuflagem. Como as cobras, ou vespas, ou coisa assim. Você tem essa porra de monstro enorme escondido nas suas partes e é dessa cor rosadinha que ninguém fica com medo. Isso atrai você e te hipnotiza.[...]"

Mesmo se você resolveu ler o resumão inteiro até aqui, não deixe de ler Hot Head! Por mais spoilers que eu tenha dado, nada substitui a leitura dessa diliça de livro!

14 comentários:

  1. Aaaaaaaahhhhhhhh que PERFEITA essa sua resenha, Gabi!!!

    Eu AMO Hot Head e tbm é meu M/M favorito tbm adoro angst e GFU, resumindo: acho que fomos separadas na maternidade! kkkkkk

    Eu já reli a versão Jack Sparrow cof cof umas 1478593623669851147 vezes. hihihi

    É aquele tipo de livro que a gente gosta tanto que por mais que leia não enjoa. Deu até vontade de reler de novo, lendo seu post. <3

    Eu acho a combinação de partes hots + história (trama) + romance + angst + toque de realismo (pelas partes da rotina e desafios dos Bombeiros e das Torres Gêmeas) = perfeitas!!!

    Amo o Griff, ele é realmente um fofo! E o Dante apaixonado, sacana e com ciúmes é tudo de bom! kkkk

    Eu soube que esse livro vai ter continuação que vai se chamar, Hard Head e é a história do Tommy: http://www.goodreads.com/book/show/17856788-hard-head
    Quero muito ler mas tá demorando pra sair! =/

    Meus parabéns pela resenha, Gabi! Você disse tudo o que eu penso. Adorei! ^^

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Adorei a sua resenha Gabi, já li o livro, é tudo que você disse e mais um pouco, simplesmente maravilhoso. Adorei o cometário da Rafaela em saber que vai ter continuação, torcendo para sair logo.

    ResponderExcluir
  3. "Meio cansada [..] partes mais pra baixo do Equador também!" > tentando parar de rir pra conseguir ler o restante kkkkkkkkk

    Curiosa pra ler... Lembrei que ainda não comentei com vc do último m/m que li, e inclusive achei meio capenga, não sei se vc concordaria com minha opinião.

    "E não importa o gênero que a gente leia: sempre vai ter coisa fina e sempre vai ter lixo." comentamos nada kkkkkkkkk

    "Todos muito legais, mas Hot Head se destaca junto com Str8te Boys." Amei Str8te boys, confesso, vou pro inferno, será q iria gostar de Hot Head tbm? Só lendo pra saber, né...

    " Quem avisa, amigo é: Só continue a leitura desse post se você for maior de 18 anos, não for homofóbico nem intolerante." (y)

    "Damon Suede saiu, como ele mesmo diz em seu site, do cu da região mais direitista da América do Norte e fugiu de lá assim que atingiu a maioridade." vish...

    " É um drama sobre dois bombeiros: um ruivo escocês gigante e doce chamado Griffin Muir e outro moreno italiano charmoso e engraçado chamado Dante Anastagio." pronto, já gostei.

    " Ao mesmo tempo o gigante ruivo Griff com sua doçura também é daquele tipo de pessoa pela qual todos se encantam e gostariam fortemente que fosse seu amigo ou irmão. Alguém para se dar um grande abraço e se ter sempre perto do peito." acho que o nome BLAYLOCK piscou aqui na tela, não sei pq, né...

    "Até encontrar o site pornô gay chamado Hot Head." Str8te boys, 5 beijos

    "Então cremosos e cremosas, pela descrição ali em cima e se vocês lembram da resenha de Str8te Boys (se não lembram, passem aqui para tirar as teias de aranha da memória), Hot Head tem algumas boas semelhanças." reação "tô té vendo que vou gostar dessa desgrama se eu ler..."

    "todo mundo olhando essa capa breguíssima e torcendo o nariz imaginando que eu estaria lendo putaria" kkkkkkkkkkkkkk eu me recuso a falar dessa kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    "Geralmente o personagem GFU costuma fazer declarações do tipo "Não conseguiria sentir tesão por mais nenhum homem que não fosse você."" kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk ler isso é divertido, confessa kkkkkkkk

    " Um excelente exemplo de personagem GFU é o nosso ilustríssimo Butch da Irmandade da Adaga Negra (livro autografado já chegou! \o/). Ele é machupacaralho (fale rápido três vezes sem parar e você vai descobrir o que ele é na verdade! Huahahahahaha), puliça, passa o rodo em geral, casado com uma mulher de beleza perfeita, mas é totalmente gay pelo Vishous. Tanto que quando perguntam para J.R. Ward se Butch é ou não gay, ela responde: "Ele é V-sexual." Ou seja, pipows, ele gosta de esfiha, mas é doido pra dar ré no kibe do Vishous." kkkkkkkkkkkkkkkkkk morri da aorta kkkkkkkkkkkk não poderia ter dito melhor, Gabi

    " Como vocês sabem, adoro uma angst, uma angústia psicológica, uma luta interna para aceitar o que sente e lutar contra os tabus da sociedade. Hehehe" angústia psicológica, se for uma das pessoinhas do par romântico passando milhares de apuros pra conseguir ficar com a outra pessoinha, eu geralmente adoro! Mas, por favor, monólogos irritantes de um dos lados tem uma grande chance de me aborrecer demais.

    Mas, putz, cinco vezes o tamanho de Str8te Boys? Se fosse curtinho baixava hoje mesmo!

    " Claaaaaaro que a comparação com meu amado Blaylock foi instantênea!" Volte umas linhas nesse review...

    " Mesmo se você resolveu ler o resumão inteiro até aqui, não deixe de ler Hot Head! Por mais spoilers que eu tenha dado, nada substitui a leitura dessa diliça de livro!" kkkkkkkkkkkkkkkkk lá vai eu ler essa "diliça" kkkkkkkkk

    beijões

    ResponderExcluir
  4. Adorei Gabi,
    Vc começou a sua resenha igualzinha aquelas propagandas que vendem produtos americanos.Eu ri muito .
    \o/ Sim eu quero não só a minha cabeça quente, como todo o resto... E SIM meu problemas não acabaram!! Por que eu estou morrendo de vontade de ler e não sei ler em ingles. Ai, meus Deuses eu quero ler essa delicinha por que eu estou aqui babando com a capa.

    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Igualmente a Kênia Candido, agora fiquei louca pra ler o livro, mas não sei inglês :(

    ResponderExcluir
  6. Eu sou louca de amores pelo Dante....ah se eu pudesse kkkkkk Griff sortudo....kkkkkk....realmente é um livro ótimo. Adorei a resenha Gaby, vc como sempre nos presenteando com seus comentários.
    bjo!

    ResponderExcluir
  7. Gabi, obrigada pela lembrança, te adoro, vc que é maravilhosa!
    Li Str8te Boys por indicação sua e amei e depois de ler essa sua resenha delícia fiquei ansiosa demais para ler esse livro, vou tentar achar alguma tradução legal (não sei ler em inglês).
    e pelos seu comentários pra lá de gostoso, só posso dizer: Pense num livro porreta!!!

    ResponderExcluir
  8. Meu Deus amei esse livro. Não tem como não amar o Griff corando e o Dante desenvergonhado. Eu li o livro em Inglês mas tb existe traduzido porque a minha amiga tem ele. Em termos de romance M/M é dos meus favoritos. Gabi a sua resenha foi otima eu nao teria feito melhor!!!!

    ResponderExcluir
  9. Gabi, sendo repetitiva, livro maravilhoso! e esse livro que vc comprou "Zero at Bone", é bom??? Resenha muito boa como sempre.

    ResponderExcluir
  10. Respostas
    1. Compra a versão e-book na Amazon!
      não precisa ter Kindle, é só baixar o app Kindle na Apple Store ou Google Play.

      Vale muito à pena!

      Beijos!

      Excluir
  11. Recomendo também The rebuilding Year - Kaje Harper

    ResponderExcluir
  12. Alguém pode por gentileza me enviar Str8te Boys pro meu e-mail? pedrogeorgemck@gmail.com Grato!

    ResponderExcluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...